Menu fechado


Uso de Inteligência Artificial no processo Identificação de indivíduos com Altas Habilidades / Superdotação


Aluno: Jose Walter Farias

Orientadores: Victor Gonçalves Glória Freitas e Antônio Carlos de Abreu Mól

Descrição: O presente trabalho teve como intuito criar uma ferramenta digital para o auxilio das atividades educacionais. Especificamente, trabalhou-se com a lógica nebulosa, dentro da temática de identificação em indivíduos com Altas Habilidades\ Superdotação. Esta tecnologia permite considerar variáveis e criar inferências com a finalidade de detectar potenciais singularidades dentro de um ecossistema educacional aparentemente homogêneo. No trabalho de campo utilizaram-se instrumentos de coleta de dados, questionários estruturados, em professores de uma escola municipal, para obter dados da amostra escolhida que logo foram categorizados e analisados. A abordagem utilizada foi quantitativa e qualitativa, pois foram coletados dados numéricos para compreender as tendências estáticas, com objetivo de ter um melhor entendimento dos fenômenos. A argumentação teórica foi uma parte fundamental deste trabalho, já que é necessário definir qual será o caminho teórico do entendimento sobre o que seria inteligência, mais especificamente AH/SD. Coloca-se propositalmente um destaque ao entendimento sobre tratamento de dados e sua importância na sociedade contemporânea, assim como, a urgência de utilizar as ferramentas tecnológicas e linguagens ao serviço das atividades educacionais em seus mais variados segmentos. Concluiu-se que, tanto a utilização de tecnologias disponíveis quanto a pericia para o tratamento de dados, podem fornecer sabedorias escondidas dentro da sala de aula, particularmente, como foi o foco deste trabalho, os traços comportamentais. Argumentou-se, como é necessário atender as necessidades de singularidade, e também, dos perfis encontrados na sala de aula, seja pelo lado das AH\SD ou por aqueles com carência ante as expectativas escolares. Enfatiza-se, por outro lado, a necessidade de reformular novas formas de diagnóstico escolar, atendendo a uma maior quantidade de variáveis que refletem no respectivo desempenho, e que, talvez, o caminho seja o uso de tecnologias e linguagens, e especialmente, o tratamento e analise de dados. Por fim, demostrou-se que é possível identificar as traves de traços comportamentais, potenciais indivíduos com AH\SD, o qual foi o objetivo principal deste trabalho.


EnglishPortuguês