Menu fechado


Atividades Plugadas e Deplugadas na Educação Infantil no Aprendizado do Pensamento Computacional

Descrição: A realidade da Educação Infantil (EI), nas creches e pré-escolas brasileiras, revela conflitos entre ações de cuidar e educar evidenciados nas práticas dos profissionais que trabalham nestas instituições de ensino. Além disso, a EI apresenta resistência às inovações como a introdução da cultura digital, uma das competências preconizadas na Base Nacional Comum Curricular (BNCC) que está prevista em todos os segmentos da educação básica, inclusiva na EI. Sendo assim, esta pesquisa teve como objetivo propor uma sequência didática (SD) para adequação das práticas educativas das creches ao desenvolvimento da cultura digital. Para aplicar esta SD, foram desenvolvidas atividades plugadas (com presença de hardware e software) e desplugadas (sem a presença de hardware e software) para crianças vivenciarem noções básicas do pensamento computacional (PC) que envolvessem os cinco campos de experiências da EI. Os resultados deste relato de experiência, que ocorreu em uma creche municipal de XXXXXXX (XX), apontam que a SD proposta aliou o cuidar e o educar na creche em questão proporcionando o aprendizado desses alunos aliado ao seu bem estar. Dessa forma, as crianças se sentiram seguras para a conquista de novos aprendizados no cotidiano escolar que lhes serão úteis para a vida.

Título da dissertação: ATIVIDADES PLUGADAS E DESPLUGADAS NA EDUCAÇÃO
INFANTIL NO APRENDIZADO DO PENSAMENTO COMPUTACIONAL

Aluno: Sabrina Cota da Silva Ticon
Orientadores: Ana Paula Legey de Siqueira e Antônio Carlos de Abreu Mól

EnglishPortuguês